Atualidades Dicas Meio Ambiente Notícias Política

Prefeitura cumpre trâmites para liberação do FGTS

581909_1101306969913904_3595256406998537341_n
Escrito por Rodrigo Fachini

Documentação já foi entregue, local, estrutura e pessoal estão mobilizados para o cadastramento conforme cronograma que será estabelecido pela Caixa

581909_1101306969913904_3595256406998537341_n

 

A Prefeitura de Rio do Sul entregou à Caixa Econômica Federal na sexta-feira, 8 de janeiro, a documentação e o mapeamento das residências atingidas pelas enchentes que afetaram o município em outubro de 2015. Com estes papeis a instituição bancária poderá viabilizar o pagamento doFundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) aos trabalhadores que tiveram prejuízos. O prefeito de Rio do Sul, Garibaldi Antônio Ayroso, o Gariba, se reuniu ontem, 12 de janeiro, com o diretor da Defesa Civil Teodoro Silva e o secretário de Desenvolvimento Econômico e Empreendedorismo, Marco Aurélio Rosar, para agilizar todas ações que cabem à Prefeitura de Rio do Sul para viabilizar os pagamentos o mais breve possível.

De acordo com o prefeito todos os esforços foram concentrados para entregar as informações detalhadas e facilitar o trabalho dos técnicos da Caixa. “A equipe da Defesa Civil fez o mapeamento rua por rua, identificando os pontos em que as residências foram afetadas, para dar celeridade ao processo e garantir que todos que tiveram prejuízos tenham acesso ao benefício que dará condições de recuperação do patrimônio e vai auxiliar o município de forma geral pela injeção de recursos na economia local”, destaca Gariba.

A gerência da Caixa solicitou uma semana para fazer uma estimativa do valor que deverá ser liberado no município. Para a próxima etapa, que será o cadastro das pessoas que têm direito ao FGTS, Rosar conta que já conseguiu a liberação do Salão da Paróquia do Divino, no bairro Canoas. “Conseguimos o espaço e vamos disponibilizar toda a estrutura, cadeiras mesas, tudo o que for necessário para viabilizar os pagamentos”, destacou o secretário.

O diretor da Defesa Civil que levou a documentação à Caixa, acredita que serão necessários três a quatro dias para a formalização do cadastro. O pagamento será posterior a esta etapa. “Somente quem teve a casa atingida terá direito a liberação do FGTS, por isso trabalhamos para prestar as informações de forma precisa para agilizar o processo” afirma Silva. O prefeito ainda ressalta que para auxiliar nos trabalhos deve disponibilizar dez servidores da Prefeitura. “Faremos tudo para garantir que o pagamento seja feito tão logo a Caixa estabeleça o cronograma de atendimentos”, conclui o prefeito.

—————————————————————–

Josiane Fontana

Departamento de Comunicação

13-01-15

(47) 3521-1214

Sobre o autor

Rodrigo Fachini

Jornalista com especialização em comunicação pública e empresarial.

Deixe um comentário